Uma crise pode ser um marco para elevar sua vida a um novo patamar de prosperidade. Portanto, esteja atento para aproveitar a oportunidade que um momento desfavorável pode trazer.

É inegável que uma crise política ou econômica de um País pode criar em nós um grande sentimento de indignação. Mas na verdade o que faz diferença não é a indignação em si, mas sim o rumo que damos a esse sentimento. Nesse caso, podemos reclamar ou agir.

Observe que não estou dizendo aqui que não devemos lutar contra os
abusos, é evidente que devemos. Mas gostaria de chamar atenção para o foco principal: a Ação, ou seja, o que você muda em si mesmo ao se deparar com uma crise.

Perceba que há crises em um País ou na vida particular de cada um de nós, pois crises fazem parte dos ciclos de um país e são uma certeza na vida das pessoas.

O que quero dizer é que os momentos de crise são um alerta e uma grande oportunidade de novos aprendizados, pois tiram o indivíduo da sua zona de conforto. É assim com as empresas, é assim com as pessoas.

oportunidade

Muitas pessoas estão procurando novos caminhos após terem seus empregos ameaçados, assim como as empresas estão tendo que se adequar a essa nova realidade.

Portanto, diante de um cenário desfavorável, recomendo que você não espere um milagre acontecer ou mesmo que não fique se lamentando que é o mais fácil a ser fazer.

A oportunidade de aprender com a crise

Aproveite a chance que o momento de crise cria! Faça diferente, use sua indignação a seu favor (como um combustível) e assuma o controle da sua vida para não depender apenas da decisão de outros, afinal o dinheiro ainda está espalhado por aí.

Se o momento do País não é dos melhores e os Juros estão altos, aproveite a chance: controle seus gastos e invista o excedente com inteligência.

Busque conhecimento, aplique ele para participar das oportunidades e obtenha uma segunda fonte de renda! Só agindo que se leva a vida para um novo patamar de prosperidade.

E aí, gostou do conteúdo? Se você concorda, discorda ou tem algo a acrescentar, comente abaixo!

Compartilhe com seus amigos:

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail